6 fatores que tornam o Steel Frame uma construção sustentável (o #5 é o meu favorito)

Ao pensar em construção sustentável, é provável que inúmeras opções passem por sua cabeça.

Para ser breve, cogita-se em casa de madeira, tijolo ecológico, reutilização de entulho… só pra citar alguns exemplos.

Mas, será que a aplicação de apenas uma dessas alternativas (que são geralmente usadas isoladamente), causará um impacto real no volume total da obra?

E… se for possível reunir não apenas três, porém cinco, seis fatores diferenciais para a sustentabilidade em um só sistema construtivo?

Se você gostou da ideia, continue lendo este artigo, e descubra os 6 fatores que fazem do Steel Frame uma construção sustentável (e descubra por que o #5 é o meu favorito).

#1 – Construção seca: Consumo de água quase nulo

construcao-sustentavel-drywall

O sistema construtivo Steel Frame utiliza água apenas no concreto da fundação e na limpeza de ferramentas.

Isso corresponde a menos de 1% de toda a água consumida em uma construção convencional de mesmo porte.

Nada mal, certo?

Apesar de a fundação ser feita de concreto assim como na alvenaria, todos os demais materiais utilizados nos processos de fechamento, cobertura e isolamento termoacústico já vem prontos de fábrica, não sendo necessária a utilização de água no canteiro.

Isso significa economia direta nos gastos com fornecimento de água, racionalização no uso deste recurso tão básico e que tem se tornado escasso, além de praticidade no canteiro de obras.

Na prática, a velocidade de execução da construção aumenta, uma vez que o índice de industrialização é muito superior.

#2 – Material reciclado: a lã de PET

construcao-sustentavel-la-de-PET

Uma construção sustentável pressupõe o uso de materiais e insumos sustentáveis, e aqui apresento a lã de PET, fabricada a partir da reciclagem de garrafas PET.

A lã de PET é um dos isolantes termoacústicos mais usados nas obras de Steel Frame.

Em sua produção, não se utiliza água, os fornos são aquecidos com gás natural, portanto a emissão de CO2 é 10x menor que na fabricação de lã de vidro ou de rocha.

Você poderá ver o passo-a-passo da construção em Steel Frame clicando aqui.

#3 – Material reciclável: o aço

construcao-sustentavel-steel-frame

Todos nós sabemos que o aço é um material 100% reciclável. Além disso, pode ser reciclado inúmeras vezes, sem alterar suas qualidades.

Como o próprio nome diz, o Light Steel Framing consiste em uma estrutura de aço galvanizado.

Isso significa que, se porventura houver sobras na obra, o material não será considerado lixo, mas será conduzido a estações de reciclagem.

Porém, já vou lhe adiantar que as sobras são mínimas, pois todo o aço já vem de fábrica cortado nas medidas certas, tudo bem projetado antes.

Receba nossas atualizações direto no seu e-mail!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

#4 – Madeira reflorestada: o OSB

construcao-sustentavel-OSB

O OSB (Oriented Strand Board) é uma chapa de lascas de madeira prensada, quimicamente tratada a fim de preservar de mofo e cupins. Ele possui garantia estrutural e anti-cupim de 20 anoseek

O OSB é um coringa da construção seca, é utilizado para diversas finalidades:

  • na estrutura como contraventamento,
  • como redutor do comprimento de flambagem dos perfis,
  • nas lajes e mezaninos,
  • nas coberturas,
  • nas paredes internas como reforço para fixação de peso,
  • e também a fim de aumentar o desempenho termoacústico!

Uma barreira cultural recorrente nas construções secas é o barulho “oco” produzido pelo drywall nas paredes internas. Contudo, esse barulho some completamente com o uso do OSB também nas faces internas das paredes.

Vale ressaltar a sustentabilidade do material, já que toda a madeira utilizada na fabricação do OSB é proveniente de fontes legais de extração de madeira reflorestada.

#5 – Desperdício zero

construcao-sustentavel-entulho

A coisa mais difícil para mim, quando visitava obras de alvenaria, era ver as paredes novinhas, que acabaram de subir, sendo “entalhadas” com verdadeiros caminhos de rato para receber as instalações elétricas e hidráulicas…

(E não para por aí, concorda comigo?)

Caçambas e mais caçambas de entulho. Lixo. Para encher os lixões de sua cidade e do nosso planeta.

Eu realmente queria encontrar uma solução.

Foi por isso que me empolguei tanto com o Steel Frame.

Seu índice de geração de resíduos é menos de 1%, com desperdício próximo de zero.

(Não disse que este era meu ponto favorito?😀)

Assista este vídeo e veja como o Steel Frame é uma obra rápida e limpa. Esta casa com 520 m² foi construída em apenas 4 meses e meio.

#6 – Economia de energia com climatização

construcao-sustentavel-economia-de-energia

Este item já diz respeito a um benefício que será usufruído pelos moradores, depois de pronta a construção.

Atualmente mais pessoas passaram a ter acesso a aparelhos de ar condicionado.  O que é muito bom, afinal quem não gosta de conforto?

No entanto, há uma incoerência nesse fato.

A maioria das edificações não tem um bom isolamento térmico. Transferem calor do meio externo para o interior e depois pagam caro para retirá-lo com sistemas de climatização.

Seria o mesmo de deixar a geladeira aberta e ainda assim tentar manter a temperatura interna a 4ºC. A geladeira teria que ser muito potente e gastaria muito mais energia. (Obviamente ilógico, não?)

Por isso, atuando em direção oposta, o Steel Frame utiliza materiais que reduzem consideravelmente essa transferência de calor.

Essa redução proporciona um gasto muito menor de energia com climatização.

Melhor para o planeta e para o seu bolso!

Conclusão: O Steel Frame se destaca no ramo da Construção Sustentável

Optar por uma construção sustentável não é apenas uma tendência moderna, mas também uma excelente maneira de investir em qualidade de vida e economizar dinheiro a longo prazo.

Como você pode observar, o Steel Frame preza pela sustentabilidade desde a sua concepção, com projetos bem formulados que evitam desperdício, pouquíssimo consumo de água e uso de materiais reciclados ou recicláveis.

E estes são fatores indispensáveis para se identificar uma construção sustentável!

Se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos, ou deixe um comentário a seguir!

ga('send', 'pageview');