Telhado Verde: A união perfeita entre Design Arquitetônico, Otimização do Espaço Urbano e Sustentabilidade

Eis o telhado verde

Quem sonharia, 50 anos atrás, que o futuro dos jardins estaria no telhado?

Pois bem, o telhado verde, ou telhado ecológico, tornou-se uma tendência mundial nos últimos anos. Principalmente nos grandes centros urbanos, onde a falta de espaço verde abriu espaço para novas ideias.

Neste artigo, vou apresentar como o telhado verde funciona, suas vantagens e como fazer o seu próprio telhado verde.

Vamos lá!

Alguns telhados verdes curiosos

telhado-verde-gustavo-capanema
Terraço-jardim criado na cobertura do prédio horizontal do Edifício Gustavo Capanema – RJ

Bem, vamos começar no Brasil.

Há não muito tempo, o telhado verde era apenas uma “invenção de moda” de alguns arquitetos visionários.

Eram raras as obras que contemplavam o conceito.

Apesar de poucas, um desses projetos é o Palácio Gustavo Capanema, um edifício público situado no Rio de Janeiro, construído entre 1937 e 1945.

Projetado por uma equipe de arquitetos e urbanistas modernos (dentre eles Oscar Niemeyer e Lúcio Costa), sob inspiração de Le Corbusier, não é de surpreender a sua excentricidade para a época.

Contudo, com o passar do tempo, e com a difusão do conceito de desenvolvimento sustentável, esta tendência se faz cada vez mais presente no senso comum da sociedade antenada na sustentabilidade.

Hoje, inúmeras casas de alto padrão já utilizam o telhado verde, assim como outras soluções sustentáveis.

E não são apenas os militantes do planeta que estão aderindo à ideia. Como são muitas as vantagens do telhado verde, seu uso tem sido bastante difundido.

telhado-verde-sede-facebook
Telhado verde de 36 mil m² na sede do Facebook, em Menlo Park

Vejamos uns exemplos interessantes, nos Estados Unidos.

A nova sede do Facebook, em Menlo Park, possui um telhado verde com área de 36 mil metros quadrados. Lá existe pista de caminhada, jardins e até árvores.

Google, por sua vez, tem um projeto similar para a futura Bay View California Campus.

Além de quebrar a monotonia do concreto no espaço urbano, os jardins nos telhados contribuem para amenizar o microclima da edificação.

A história do telhado verde

telhado-verde-Lanse-aux-meadows

Você já se perguntou como os povos nórdicos se protegiam do intenso frio, do vento e da neve?

Com certeza não era nada fácil. Nem vou tentar trazer uma explicação simplória, pois os métodos eram muitos e variados, afinal, ninguém tinha um aquecedor central naquela época!

Contudo, o telhado verde ameniza as intempéries do clima, mantendo a temperatura interna da edificação mais estável.

E alguns povos antigos, habitantes de regiões geladas do globo, já sabiam disso desde o século X.

Os vikings, por exemplo, construíam vilas inteiras cobertas por gramíneas e plantas rasteiras, a fim de amenizar o frio e os ventos do norte da Europa e da América.

A imagem acima mostra a reconstrução de um vilarejo viking, L’Anse aux Meadows. É hoje um ponto turístico localizado em um sítio arqueológico no extremo norte da ilha de Terra Nova, no Canadá.

Nada menos do que um protótipo de telhado verde, concorda?

Em que consiste o telhado verde

telhado-verde-sobre-laje

No Brasil, o telhado verde geralmente é aplicado diretamente sobre as lajes, numa superfície plana. Já em países europeus, ou áreas com forte influência europeia, é comum que seja aplicado seguindo o caimento do telhado.

Em nosso artigo, vamos tratar do modelo feito sobre a superfície plana da laje.

O telhado verde consiste em uma cobertura, formada por um substrato e pelas plantas que formarão o jardim. Essa cobertura deve ser devidamente impermeabilizada, e receber um sistema de armazenamento parcial de água para posterior drenagem.

À primeira vista pode parecer algo simples, mas esse tipo de cobertura requer uma série de cuidados. Se esses cuidados não forem observados, causarão uma eterna dor de cabeça ao proprietário do imóvel, devido principalmente ao contato da água com a edificação. Mas nada que um bom planejamento, com impermeabilização adequada, não possa resolver!

O funcionamento do telhado ecológico

A imagem a seguir traz um esquema detalhado de como funciona o telhado verde.

 

telhado-verde-camadas

O princípio de funcionamento deste tipo de telhado é bem simples: parte da água da chuva é retida pelas plantas e pelo substrato, reduzindo a quantidade de água lançada nas redes pluviais, diminuindo o risco de enchentes nos grandes centros urbanos.

Para o correto funcionamento, o telhado verde precisa primeiramente de uma cobertura com impermeabilização 100% eficiente a longo prazo. Pois depois de pronto, as manutenções serão mais difíceis e dispendiosas.

Além disso, antes de se pensar em fazer um telhado verde em sua construção, é necessário prever as sobrecargas do sistema.

O Light Steel Framing, por ser um sistema mais leve, torna-se uma boa opção para quem deseja instalar um telhado verde em sua edificação.

 

Como fazer um telhado verde

 

telhado-verde-composicao

Para começar, a laje onde o telhado verde será construído deve ter estrutura suficiente para aguentar a sobrecarga que varia de 80 a 300 kg/m², dependendo do sistema e das plantas escolhidas.

Para a impermeabilização, deve-se utilizar uma manta que garanta estanqueidade total, mesmo com água acumulada, e que não permita a penetração das raízes.

Outro preparo fundamental é um sistema de drenagem eficiente.

Esse sistema deve ser capaz de acumular água para as plantas utilizarem durante o período de seca, e ao mesmo tempo ser capaz de drenar o excesso de água da chuva para um sistema de aproveitamento ou para as vias pluviais.

Acima do sistema de drenagem deve-se instalar uma membrana que impede a passagem das raízes e dos nutrientes do substrato para dentro da água reservada. E que, ao mesmo tempo, permita que a água passe para as raízes à medida que a planta precise dela.

Em seguida, coloca-se uma camada do substrato que receberá as plantas. Esse substrato deve ser rico nos nutrientes necessários às plantas.

E por fim, faz-se o plantio das espécies escolhidas.

Benefícios do telhado verde

telhado-verde-centros-urbanos

Os benefícios do telhado verde vão desde sua beleza, até suas vantagens ecológicas.

Aliado a um design arquitetônico moderno, é um item que valoriza sua edificação e a torna mais confortável.

O conforto consiste principalmente na ação das plantas sobre o microclima da edificação, uma vez que as espécies vegetais agem como um isolante acústico e térmico natural, o que pode, inclusive, diminuir o consumo de energia com climatização.

Um fator ecológico bem interessante, em especial nos grandes centros urbanos, é a capacidade de o telhado verde reduzir a absorção do calor do sol e sua consequente dissipação no ambiente ao final do dia. Isso diminui a formação das chamadas bolhas de calor, uma preocupação da atualidade.

Outro fator ecológico importante, é a compensação de carbono, pois a vegetação do telhado verde contribui para neutralizar as emissões de CO2 ocorridas durante a construção.

Vantagens do telhado verde

telhado-verde-area-lazer

Além dos benefícios do telhado verde, que acabamos de mencionar, há outras vantagens que não podemos deixar de considerar:

Isolamento acústico: proporciona grande redução de barulhos externos

Durabilidade maior: em comparação ao telhado comum

Menos fissuras nas lajes: a cobertura verde diminui a dilatação, uma vez que mantém a temperatura mais estável

Alivia as redes de águas pluviais: o telhado verde retém parte da água da chuva para irrigação das plantas, outra parte inicialmente absorvida acaba evaporando, assim são aliviadas as redes de água pluvial, ótima opção para cidades grandes e com pouca vazão para a água

Um ambiente a mais para a edificação: podem ser utilizados como jardins, áreas de recreação e até mesmo hortas

Um convite à biodiversidade: as espécies vegetais das hortas ou jardins geram condições de vida para insetos e aves

Beleza estética: um diferencial principalmente nas grandes cidades

Valorização do imóvel: devido a todos os benefícios, o imóvel será mais valorizado

Como tudo na vida… As desvantagens do telhado verde

telhado-verde-inclinado

Como tudo na vida, não há nada perfeito. O telhado verde também tem suas (poucas) desvantagens. Vejamos:

Viabilização: restrições quanto à estrutura podem inviabilizar o sistema, visto que a sobrecarga não pode comprometer a estrutura

Investimento: o investimento financeiro inicial pode ser alto, especialmente se for necessário reforçar a laje ou a estrutura

Mão de obra: necessita de mão de obra especializada para instalação, a fim de evitar problemas de vazamento e infiltrações

Manutenção: além da manutenção que toda planta requer, pelo menos uma vez por ano é preciso verificar se as raízes não invadiram as mantas de impermeabilização, ou bloquearam a passagem de água, a fim de evitar infiltrações. A boa notícia é que hoje já existem no mercado malhas de plástico que praticamente acabam com esse problema.

Conclusão

telhado-verde-chicago-city-hall
Chicago City Hall, exemplo emblemático de telhado verde nos EUA

Como você pode ver, o telhado verde proporciona grandes vantagens, tanto para a edificação quanto para o meio que a circunda.

Esses benefícios são tão impactantes para os grandes centros urbanos, que cidades como Nova York e Chicago, por exemplo, mais que dobraram a superfície verde de seus prédios.

Isso aconteceu com ajuda de uma lei que permitiu abatimentos em impostos para quem implantasse telhados verdes em suas edificações, o que resultou em uma cobertura verde de 87,7 mil metros quadrados, ou 10% da área construída da cidade de NY (dados de The New York Times em 2009).

Assim também na Alemanha, os telhados verdes são parcialmente subsidiados pelo governo como uma forma de incentivo.

Concluindo, o telhado verde é hoje uma novidade que tem se popularizado, devido a uma maior preocupação com o meio ambiente, além de questões estéticas e dos benefícios aos usuários da edificação.

 

Então… O que você acha de planejar um telhado verde para a sua construção?

Conte-nos a sua ideia abaixo nos comentários!

ga('send', 'pageview');